Notícias
30
01
2018

Professores ligados ao Esporte e a Cultura lutam pela reforma do Ginásio Marechal Rondon

Professores ligados ao Esporte e a Cultura lutam pela reforma do Ginásio Marechal Rondon

Fonte: Ana Flávia Dorsa

SHARE

Facebook

Foto: Divulgação

Com memoráveis eventos na sua história como o Festival Mato-Grossense Encontro da Dança, o Campeonato da Estadual de Jiu Jitsu Esportivo, eleições, eventos religiosos católicos e evangélicos e tantos outros, agora o ginásio Marechal Rondon deu lugar para desocupados que invadem o local para fazer uso de drogas e depredar a estrutura que também não passa por manutenção há algum tempo.

As calçadas estão quebradas, banheiros além de sujos, oferecem riscos à saúde pela insalubridade, chuveiros e sanitários destruídos, com infiltrações e vazamentos, além de muitos outros problemas, ou seja, um patrimônio para o uso da população que está se acabando.

Há cerca de quatro anos o professor Paulo Cezar Venâncio, diretor executivo e de eventos da Federação de Jiu Jitsu Esportivo de Mato Grosso e vice-presidente da Confederação Brasileira de Jiu Jitsu Esportivo, vem pedindo às autoridades políticas da cidade uma providência sobre este ginásio, pois ele é o único que atende às necessidades de grandes eventos esportivos e culturais devido sua estrutura, e se abandonado, deixa a cidade órfã desse tipo de espaço.

“Nossa cidade com potencial tão forte, considerada a terceira maior cidade de Mato Grosso incluindo a Capital e sendo citada entre as 200 melhores cidades para investir em uma franquia, não poderia deixar de ter um ginásio de esportes do município. O Marechal sofre um esquema de empurra para lá e para cá, e no fim ninguém assume a responsabilidade de zelar por ele. A escola Marechal Dutra, já tem seu próprio ginásio coberto e não necessita do Ginásio de Esportes Marechal Rondon. O resultado disso é que nem o Estado, nem a escola e nem o município cuidam ou se responsabilizam pelo local”, explica o professor.

Revoltado com a falta de respostas, o professor procurou nesta segunda-feira (08) o prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio para clamar pela reforma e manutenção do local, mesmo sabendo que o município não é o dono do prédio. “Estou empenhado em lutar pelo ginásio para que esta situação se resolva. Fiz questão de levar pessoalmente esta situação ao Prefeito que já havia pedido ao Secretário que tomasse as devidas providências para acelerar o processo de concessão do ginásio. O Prefeito se mostrou solidário com essa preocupação e de imediato pediu providências por parte de seus assessores, ligando para Cuiabá, para que o assunto fosse agilizado”, relatou Venâncio.

O professor disse que mesmo com a resposta positiva por parte do prefeito, vai à capital falar com autoridades estaduais. O ginásio Marechal Rondon receberá no dia 15 de abril a primeira etapa do Campeonato Estadual de Jiu Jitsu Esportivo. O evento será seletivo para o campeonato brasileiro. “Tenho a esperança de que com o empenho da Prefeitura de Rondonópolis e o apoio de todos nós esportistas, empresários do ramo de eventos, artistas, sociedade e representantes políticos conseguiremos salvar nosso patrimônio”, estima Venâncio.

A empresária, Sarah Jane também professora de dança e teatro, atual Delegada de Mato Grosso junto ao Conselho Brasileiro da Dança, está trabalhando ao lado de Venâncio nesta campanha pelo do ginásio. Segundo ela, já existe um projeto muito bom de reforma elaborado na Prefeitura, mas que depende primeiramente da regularização da concessão. Sarah Jane comenta que embora existam outros ginásios construídos na cidade e mesmo em construção, nenhum tem o porte do ginásio Marechal Rondon, nenhum tem o mesmo tamanho de arquibancada e proteção contra vento e chuva.

“As fotos registram a atual situação em que o ginásio se encontra, mas espero, num futuro próximo que essas imagens sejam substituídas por outras bem positivas no pós reforma”, espera Sarah.

Segundo nota da Prefeitura de Rondonópolis sobre o caso, já foi encaminhado um ofício para o Estado e as tratativas estão em estágio avançado.

Link da Matéria: Professores ligados ao Esporte e a Cultura lutam pela reforma do Ginásio Marechal Rondon